Você está em
Home > Notícias > A técnica do “passo a passo” é sempre indicada para ajudar a solucionar problemas na injeção.

A técnica do “passo a passo” é sempre indicada para ajudar a solucionar problemas na injeção.

O uso da Técnica “passo a passo” para resolução de problemas em injeção de peças plásticas torna-se demorado quando se fizer necessário ajustar a temperatura do cilindro.

O sucesso na moldagem por injeção acontece quando se produzem peças plásticas de boa qualidade, em uma produção de ritmo contínuo. Mas, podem ser encontrados problemas ao se trabalhar, mesmo de modo contínuo com qualquer termoplástico. Isto ocorre principalmente quando se inicia o trabalho com um novo molde.

Mas os problemas também podem ocorrer quando se muda um molde de uma máquina para outra, ou quando se passa a utilizar um material plástico diferente.

Os defeitos que aparecem em peças injetadas podem ser originados por condições de máquina não adequada, de um molde não satisfatório ou de um material plástico impróprio.

Três fatores: máquina, molde e material tem que ser considerados quando se trata de eliminar defeitos e se obter ótimas condições de moldagem. Normalmente tende-se a responsabilizar os problemas ao material ou às condições de moldagem, quando, na realidade, a origem do inconveniente é a própria máquina não adequada ou o desenho do molde.

A técnica  do “passo a passo” é sempre indicada para ajudar a solucionar.

Por exemplo para Injetadas curtas  (Não se encheu o molde): se as cavidades não são preenchidas por completo, as possíveis causas podem ser:

— condições do equipamento: Pressão de injeção demasiadamente baixa, temperatura  da massa do material demasiadamente baixa, alimentação insuficiente.

— Molde: Temperatura demasiado baixa, entradas e canais demasiado pequenos, ventilação inadequada, etc.

— Material: A viscosidade do material é muito elevada, os grânulos do material no cone estão demasiado frios ou não são de tamanho uniforme. Geralmente, a solução para cada possível causa é evidente.

No exemplo dado, o primeiro passo é controlar as temperaturas do cilindro para verificar que elas são as corretas para o material empregado. No possível, há que medir a temperatura de massa do material; a mesma se controla através de pirômetro em sucessivas purgas, para se assegurar que o cilindro esteja com o sistema de calefação adequado.

Como segundo passo, deve-se verificar se a pressão de injeção é a correta e também se deve efetuar um ajuste do controle mecânico de alimentação de forma tal que o pistão ou pistão rosca não fique sem material no seu avanço para frente.

Da mesma forma é importante se verificar as outras causas estabelecidas no quesito “A Máquina”. Se ela está operando satisfatoriamente, investigar as referentes ao “Molde” e por último, as de “Material”.

O emprego da técnica “passo a passo” para definir a causa de um problema pode ser tarefa fácil, no entanto, a sua correção pode levar muito tempo, em especial se devemos ajustar a temperatura do cilindro. Isto deve ser feito diminuindo ou aumentando de 5ºC a 1OºC de cada vez fazendo uns 10 ou 12 ciclos entre cada modificação para ir permitindo que a temperatura da massa se equilibre com a do cilindro.

Uma análise sistemática das possíveis causas e a aplicação das correções necessárias proverá as referências ou bases para produzir peças de alta qualidade. Este conteúdo faz parte do Estudo Manutenção e Defeitos em peças plásticas.

INFO – PRODUTOS:

venda pelo Pag seguro Uol – Arquivos pdf enviados por email

– Saiba mais sobre ferramentas para fabricação de peças plásticas –

http://www.moldesinjecaoplasticos.com.br/vendacdtodos.asp

Estudo Livre sobre Moldes de injeção de termoplásticos:

(R$ 44,90) O Estudo sobre Moldes para plásticos abrange o conteúdo completo do ferramental visando iniciantes e profissionais do setor plásticos interessados em aprimorar seus conhecimentos nesta área, e para profissionais que não trabalham diretamente na fabricação do ferramental mas, que dão suporte necessário nas linhas de produção e na administração, com o planejamento, compras, vendas e outros.

Passa uma visão real do que representa uma ferramenta, sua importância dentro do processo produtivo e permite a identificação dos componentes e sua função no conjunto.

Diante do custo elevado de um ferramental e do comprometimento cada vez maior com o mercado, a necessidade e os cuidados sobre o mesmo devem ser observados por todos que participam da cadeia produtiva. O envolvimento e conhecimento de todos, aumenta as possibilidades de racionalização dos processos e de inovação.

São 200 páginas com definição, classificação, sistemas funcionais sobre moldes, considerações necessárias e noções sobre processo de injeção.

http://www.moldesinjecaoplasticos.com.br/vendacd.asp

 

Estudo Manutenção em moldes e Defeitos em peças plásticas:

(R$ 55,70) O Estudo Manutenção e Defeitos em peças plásticas tem como objetivo contribuir com profissionais e interessados que atuam na área de manutenção em moldes de injeção para termoplásticos e processos. Consideramos como publico alvo os iniciantes do setor de plásticos, ferramenteiros, operadores de injetoras, técnicos, analistas de processo e da qualidade e interessados em reduzir as perdas.

Na parte inicial 40 itens visa direcionar e destacar as necessidades da execução de “Manutenção no molde” para sua conservação e valorização procurando demonstrar que somente as condições ideais permitem e dão segurança para produzir com qualidade e eficiência. Toda ferramenta passa por desgaste devido fadiga de uso em máquina injetora e por ataque físico-químico recebido da matéria prima, sendo portanto previsível e real a necessidade de sua recuperação.

Na sequência mais 21 itens abordam recomendações sobre fatores e condições para um bom processo de injeção eliminando falhas no ajuste e na parte final outros 58 itens ajudam na Identificação de defeitos em peças plásticas e sugestões para correção. São 350 páginas abordando problemas de manutenção, recomendações para bom processo produtivo e sugestões com identificação de defeitos. http://www.moldesinjecaoplasticos.com.br/vendacddefeitos.asp

Top