Você está em
Home > Notícias > Embala nordeste compara expansão do parque industrial nordestino

Embala nordeste compara expansão do parque industrial nordestino

O crescimento do mercado nordestino acima da média nacional pôde ser conferido com os resultados da IV Embala Nordeste – Feira Internacional de Embalagens e Processos, evento que terminou ontem (quinta 27), no Centro de Convenções de Pernambuco.

O público de 18 mil profissionais do setor (50% a mais que no ano passado) movimentou cerca R$ 800 milhões em negócios durante os quatro dias de feira, o que representa um aumento de 15% com relação ao ano passado. Este ano, 310 expositores, representando as principais empresas do setor de embalagens, indústria do plástico, gráfica, química e farmacêutica, ocuparam 20 mil m2 do pavilhão do Cecon.

“Os resultados dão a medida exata do grande potencial da região. As vendas de máquinas e equipamentos, por exemplo, mostram que este é um mercado de conquista, de crescimento. Enquanto isso, no sul e sudeste, o perfil está mais para reposição de máquinas”, explica Luiz Fernando Pereira, diretor da Greenfield Business Promotion, empresa realizadora do evento.

Empresários de vários estados do Nordeste, com destaque este ano para os visitantes vindos do Ceará e Bahia, estiveram na feira procurando o que há de mais moderno em tecnologia e produtividade para o setor. “Historicamente o Nordeste sempre importou grande parte dos produtos industrializados que consome. De alguns anos para cá vem acontecendo um crescimento acelerado da produção de bens de consumo.

Essas empresas necessitam de máquinas, insumos, embalagens e serviços que podem ser encontrados numa feira como esta”, diz o diretor da Greenfield, André Mozetic.

Os resultados foram tão positivos que o índice de renovação dos expositores para a edição do ano que vem é de quase 100%. A expectativa dos diretores é de que Embala Nordeste 2010, com a ampliação prevista do pavilhão em mais quatro mil metros, possa aumentar em, pelo menos, mais 80 expositores. A Embala Nordeste faz parte do Programa Embala, da Greenfield, que realiza grande feiras para o setor em Pernambuco, Minas e São Paulo.

Um destaque desta edição da feira foi o segmento de máquinas e equipamentos para alimentos e bebidas que estreou na feira este ano com o evento integrado Alimentécnica Expo. Os diretores da Greenfield lembram que no portfólio de feiras de negócios da empresa constam diversos eventos para o setor como a Supermix e Exponor, por exemplo.

Top