Você está em
Home > Notícias > MISSÃO DO SIMPLÁS LEVA SETE EMPRESAS ASSOCIADAS PARA A FEIRA K 2019

MISSÃO DO SIMPLÁS LEVA SETE EMPRESAS ASSOCIADAS PARA A FEIRA K 2019

 

 

Missão do Simplás leva sete empresas associadas para a Feira K 2019

Principal evento mundial do setor plástico ocorre de 16 a 23 de outubro, em Düsseldorf, Alemanha, e terá como grande destaque a economia circular

Sete empresas associadas ao Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) já estão com presença confirmada no principal evento mundial do setor plástico. Mantova, Multinova, Panizzon, Pisani, Polifibras, Sinalsul e Sulbras visitam a Feira K, que ocorre de 16 a 23 de outubro em Düsseldorf, Alemanha, e que deve atrair mais de 200 mil visitantes de todo o planeta para conhecer os lançamentos e inovações apresentados por mais de 3 mil expositores de 50 países. Ao todo, a missão que conta com a organização do sindicato terá 28 integrantes.

Tradicionalmente, uma delegação do Simplás visita a feira, que se realiza apenas a cada três anos, trazendo para as mais de 400 empresas representadas as grandes novidades e perspectivas do setor em escala global. Mas, em 2019, a Feira K adquire contornos ainda mais especiais para a entidade. Segundo os próprios organizadores do evento, o grande tema em destaque nas discussões, debates e inovações será a economia circular.

Pauta em que o Simplás tem mostrado engajamento com iniciativas práticas e concretas, como o projeto Plástico do Bem, que promove a Educação Ambiental e a inclusão social, por meio da sinergia entre setor plástico, recicladores e escolas públicas, que são remuneradas a partir dos resíduos plásticos descartados e coletados pelos próprios estudantes.

Para nós, a feira deste ano promete ser ainda mais importante, porque realmente já podemos antecipar que a linha de atuação que viemos propondo há algum tempo está em sintonia com o que há de mais atual e avançado em termos de gestão de produtos, consumo e resíduos ao redor do mundo. Será uma excelente oportunidade para trocarmos conhecimento, expandirmos o nosso aprendizado e transformarmos em benefício ao setor e a toda sociedade”, avalia o presidente do Simplás, Gelson de Oliveira.

Plásticos como soluções

Os produtos plásticos se tornaram parte integrante de quase todas as áreas da vida. Por uma boa razão. As embalagens plásticas prolongam a vida útil dos alimentos, as peças plásticas nos automóveis reduzem o peso e as emissões de CO2. Na medicina, os plásticos garantem padrões máximos de higiene e tornam os produtos mais seguros. Apesar de suas muitas vantagens, essa importante matéria-prima enfrenta descrédito há algum tempo – por causa do lixo plástico que polui regiões inteiras e flutua em enormes tapetes nos oceanos do mundo. Mas esse problema pode ser resolvido. Como o conceito de economia circular desempenha um papel central nisso, tornou-se um tema quente na Feira K 2019.

A ideia que está na raiz do conceito de economia circular é bastante simples: uma vez usada, a matéria-prima pode ser processada no final de sua vida útil e ser reutilizada para criar um novo produto – em um circuito praticamente infinito. Embora alguns materiais tenham limitações que não permitem isso, uma vasta gama de polímeros é perfeitamente adequada para essa abordagem. A economia circular reduz drasticamente o desperdício e também protege os recursos de petróleo, porque sempre que novos produtos são feitos de plástico reciclado, não há necessidade de se empregar materiais brutos, ou seja, anteriormente não utilizados.

As informações integram conteúdo especialmente produzido e disponibilizado pelos canais oficiais de mídia da Feira K 2019.

Foto: Messe Düsseldorf, Constanze Tillmann

Fonte: Simplás

 

Acompanhe nossas divulgações pelo Facebook

 

Deixe uma resposta


Top