Você está em
Home > Notícias > Na abertura da Feiplastic, presidente da ABIPLAST fala da expectativa na retomada do crescimento em 2017.

Na abertura da Feiplastic, presidente da ABIPLAST fala da expectativa na retomada do crescimento em 2017.

Presidente da entidade acredita que a presença do plástico nas novas tecnologias e a estabilidade econômica pode trazer incremente na ordem de 1,3% para o setor.

Depois de três anos de quedas brutais da produção, do faturamento e do número de empregados, a expectativa da Associação Brasileira do plástico (ABIPLAST) é de retomada do crescimento da produção e do faturamento na ordem de 1,3%. O quarto maior empregador da indústria da transformação, com mais de trezentos mil trabalhadores e o sexto em valor adicionado, o faturamento do setor do plástico em 2016 chegou a sessenta e quatro bilhões. Foi o que enfatizou o presidente do conselho da Associação, José Ricardo Roriz, nessa segunda, dia 03, na abertura da Feiplastic 2017 – evento que há 30 anos reúne empresas fabricantes, recicladoras e que utilizam esse material em seu processo produtivo.

Roriz também ressaltou aos convidados e autoridades a importância dessa indústria e apontou seus novos rumos. “O plástico está presente nos planejamentos dos novos modelos de negócios e de produção, da indústria quatro ponto zero e da economia circular Nossos produtos estão integrados a novas tecnologias, como a nano e biotecnologia, que asseguram a melhoria de propriedades, novas funcionalidades e sustentabilidade”.

A ABIPLAST e a Reed Exhibitions promovem no período de 03 a 07 de abril a FEIPLASTIC – Feira Internacional do Plástico – que há 30 anos reúne empresas fabricantes, recicladoras e que utilizam esse material em seu processo produtivo. Em sua última edição, em 2015, a feira gerou mais de 40 milhões de reais em negócios, registrou mais de 66 mil visitantes que tiveram a oportunidade de encontrar 1.400 marcas nacionais e internacionais distribuídas em seus 85 mil metros².

O presidente do Conselho da ABIPLAST, José Ricardo Roriz, enfatiza a importância da parceria da Associação com a Reed Alcantara, que garante aos associados e visitantes da Feiplastic o mais completo mix de expositores. “Contemplamos na feira desde transformadores de matéria-prima e recicladoras a propostas inovadoras no uso do plástico. Nessa edição, por exemplo temos uma bicicleta feita com material reciclado e o lançamento de um veículo da Toyota que utiliza o material em diversas peças e acessórios”, ressalta Roriz.

Pela primeira vez, a entidade será a curadora da Operação Reciclar, uma ação educativa que reúne representantes da cadeia produtiva e entidades setoriais para divulgar informações sobre a importância do plástico, sua reciclabilidade e a variedade de aplicações. Além disso, os estandes estimulam a conscientização e as boas práticas de utilização e descarte. A iniciativa também vai incentivar a coleta e reciclagem de materiais mostrando, na prática, todo o potencial de reciclabilidade e variedade de aplicações da resina plástica em diversos segmentos da indústria.

Durante os dias do evento, todo o resíduo plástico gerado na feira, desde a montagem, até a desmontagem, será coletado e armazenado em contêineres e reciclado. Para proporcionar a todos que participem do processo, a associação, em parceria com a Triciclo, instalou em vários pontos do pavilhão “Retorna Machine”, um equipamento que recolhe resíduos sólidos reutilizáveis e/ou recicláveis e, em troca, entrega um brinde àqueles que depositarem, ou então, confere pontos que podem ser trocados por produtos e serviços aos visitantes que depositarem outros tipos de resíduos.

Para apresentar ao público como ocorre a transformação do que é descartado corretamente, foi montada uma estação de reciclagem que mostra todo o processo, da entrada do resíduo, sua transformação em resina e o produto final: um vaso de plástico reciclado. Além da demonstração prática, a Operação Reciclar disponibilizará conteúdo ilustrativo e interativo que mostra o ciclo de vida dos produtos e de que modo participa do dia a dia das pessoas promovendo desenvolvimento, economia, saúde e bem-estar.

Os visitantes da Feira também terão a oportunidade de conhecer a Muzzicycles, primeira bicicleta do mundo feita com material reciclado, e ainda concorrer a sorteios durante os cinco dias de evento. O idealizador, Juan Muzzi, explica que o quadro da bicicleta é totalmente fabricado em material plástico oriundo do pós-consumo, é leve, confortável e macia, não necessita de amortecedores e é resistente à radiação ultravioleta.

Para dar uma nova visão sobre a reciclagem, a ABIPLAST apresentará por meio de seus parceiros materiais reciclados em produtos de alto valor adicionado, tais como peças de carro (Toyota), partes e peças de eletroeletrônicos (Synctronics) e embalagens de alimentos Bottle-to-Bottle (Leite Jussara).

As atividades da entidade em prol da reciclagem não estão restritas a Operação Reciclar. A Associação desenvolveu o aplicativo e site Reciclagem de Plásticos, que permite a localização os Pontos de Entrega Voluntária (PEV) mais próximos de sua residência para entregar os materiais usados. Como objetivo de fomentar negócios entre as cooperativas e os recicladores, a entidade criou o Banco de Resíduos Plásticos – plataforma essa que será lançada durante a FEIPLASTIC. Fonte: GBR COMUNICAÇÃO 

Top