Você está em
Home > Notícias > TOMRA REGISTA AUMENTO DE INTERESSE EM TECNOLOGIAS DE TRIAGEM

TOMRA REGISTA AUMENTO DE INTERESSE EM TECNOLOGIAS DE TRIAGEM

 

TONRA registra aumento de interesse em tecnologia de triagem

Novos regulamentos mais rígidos e preocupações dos consumidores refletem-se em aumento de consultas recebidas na principal feira de tecnologias ambientais, a IFAT 2018.
25 maio 2018

A TOMRA Sorting Recycling experimentou altos níveis de interesse em suas tecnologias de seleção baseada em sensores na IFAT 2018, a principal feira mundial de tecnologias ambientais, que foi concluída em 18 de maio.

O evento de cinco dias em Munique, na Alemanha, é conhecido por atrair mais de 141.000 pessoas de quase 160 países. Muitos visitaram o stand de exposição da TOMRA para conhecer as mais recentes soluções de triagem da empresa, expostas nas seções ‘Reciclagem de Metais’ e ‘Resíduos’ do estande, e ouvir sobre as expectativas da TOMRA para inovações futuras, destacadas nas áreas ‘Economia Circular’ e ‘Futuro’ do estande.

Tom Eng, vice-presidente sênior e chefe da TOMRA Sorting Recycling, comentou: “O grande número de profissionais da indústria que participam da IFAT 2018 e a alta qualidade de consultas recebidas pela TOMRA mostram como a demanda está crescendo pelas soluções de triagem. Isso se deve, em parte, a novos regulamentos mais rígidos, como a política nacional da China, mas também reflete a crescente conscientização ambiental dos consumidores”.

Mais países em todo o mundo estão pedindo tecnologias de reciclagem e seleção eficazes, e há um interesse real no progresso futuro por meio da inovação. A TOMRA acredita que os avanços mais significativos no futuro próximo serão na maior sofisticação da inteligência artificial, que já está integrada nas máquinas da TOMRA de forma mais avançada do que em qualquer outro fabricante”.

Os pilares de inovação da TOMRA

Todo o modo de pensar da TOMRA é motivado por vários aspetos da inovação – não apenas nas máquinas que a TOMRA desenvolve e fabrica, mas também na visão da empresa para o futuro mais sustentável do planeta.

A tecnologia inovadora continua sendo o foco central da reciclagem da TOMRA. Um exemplo recente disso é o novo sistema Deteção de Objeto por Laser (LOD) da TOMRA, capaz de detetar material que a tecnologia de infravermelho (NIR) não consegue. Isso permite que as operações de reciclagem de resíduos e sucata alcancem níveis de pureza do produto final anteriormente inatingíveis – uma vantagem ainda mais desejável agora que a China introduziu sua rígida política ‘National Sword’, que proíbe a importação de 24 tipos de resíduos sólidos, incluindo vários plásticos e misturas de papéis não triadas.

Outro exemplo recente da tecnologia inovadora da TOMRA é o AUTOSORT BLACK, a primeira máquina a recuperar polímeros pretos valiosos de materiais de embalagem.

Outro pilar da inovação está em desenvolvimentos revolucionários em uma ampla variedade de aplicações. Um bom exemplo é como a TOMRA Sorting Solutions aprimorou o AUTOSORT, de modo que agora é possível separar as bandejas de PET de camada única das garrafas PET. Essa nova aplicação aprimora a capacidade anterior do AUTOSORT de separar as bandejas de multicamadas.

Continuando a focar no futuro da inovação, a TOMRA deu grandes passos para melhorar ainda mais a sua abordagem digital ao suporte aos clientes. Para demonstrar isso, a estação de consultoria com tema “Futuro” no estande da TOMRA na IFAT permitiu que os visitantes visualizassem dados ao vivo, usando para isso o TOMRA Insight. Este sofisticado sistema de software e telemática fornece aos clientes informações remotas e em tempo real sobre o gerenciamento e o desempenho de suas máquinas de reciclagem.

A economia circular continua a impulsionar o compromisso da TOMRA com um futuro sustentável. Como ilustração disso, em 2017 a TOMRA assinou o New Plastics Economy, uma iniciativa de três anos liderada pela Ellen MacArthur Foundation. Isso reúne empresas, governos, cientistas e cidadãos para acelerar a transição para um sistema global de plásticos guiado pelos princípios da economia circular.

Fonte: Assessoria imprensa TONRA

 

 

 

Deixe uma resposta


Top