Você está em
Home > Notícias > DESAFIO DA BRASKEM BUSCA SOLUÇÕES PARA RETIRADA DE ODOR DE RESINAS RECICLADAS

DESAFIO DA BRASKEM BUSCA SOLUÇÕES PARA RETIRADA DE ODOR DE RESINAS RECICLADAS

 

Desafio da Braskem busca soluções para retirar odor de resinas recicladas

O projeto recebeu mais de 150 inscrições dos cinco continentes com ideias para a produção de resina pós-consumo de alta qualidade e sem cheiro. Pesquisadores alemães apresentaram o melhor projeto e receberam 30 mil dólares.

A Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, lançou no ano passado uma parceria com a Innocentive , uma plataforma global que incentiva desenvolvimento de pesquisas, com o objetivo de retirar cheiro de resina reciclada. Foram 154 inscritos de todo o mundo, com 25 selecionados para a segunda fase e oito finalistas escolhidos para testes. Dois pesquisadores alemães apresentaram a melhor opção e receberam 30 mil dólares por seu desenvolvimento tecnológico.

A proposta do desafio vai ao encontro com o compromisso em Economia Circular da Braskem , divulgado em novembro de 2018, em que a empresa definiu oito iniciativas que contribuem com a cadeia do setor plástico para a indústria e sociedade, e que inclui no terceiro item: “Desenvolver ou apoiar o desenvolvimento de novas tecnologias, modelos de negócios e sistemas de coleta, triagem, reciclagem e recuperação de materiais, considerando o melhor equilíbrio dos impactos econômicos, sociais e ambientais“.

Dentro deste cenário, a petroquímica conduziu durante 2018 o desafio, visando desenvolver a cadeia de reciclagem do plástico. Foram realizados testes em laboratórios, tanto da Braskem como externos, em oito soluções apresentadas por pesquisadores inscritos no programa. A partir destas avalições, uma solução se destacou: trata-se de um processo que reduz o odor do resíduo sem diminuir as propriedades da poliolefina, ampliando o leque de possibilidades de aplicação do material.

A parceria com a Innocentive foi um sucesso. Conseguimos atender a uma demanda interna e externa ao abrir para pesquisadores do mundo inteiro uma forma de colaborar com a reciclagem do plástico, permitindo identificar uma nova tecnologia, que desenvolvida em parceria com a Braskem, poderá impactar positivamente o mercado de reciclados. Estamos totalmente comprometidos em pesquisar e desenvolver soluções mais sustentáveis para a cadeia do plástico“, explica Fabiana Quiroga, diretora de Reciclagem e da Plataforma Wecycle .

Fonte: CDN Comunicação / Braskem

 

Acompanhe nossas divulgações pelo Facebook

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta


Top