Você está em
Home > Notícias > INTERPLAST E EUROMOLD: DEVEM GERAR 260 MILHÕES EM NEGÓCIOS

INTERPLAST E EUROMOLD: DEVEM GERAR 260 MILHÕES EM NEGÓCIOS

 

 

Interplast e EuroMold superam expectativas e devem gerar R$ 260 milhões em negócios

Feira recebe 28 mil visitantes de todas as regiões do Brasil e de outros 12 países

O clima de surpresa e satisfação foi geral entre as 400 marcas expositoras da Interplast – Feira e Congresso da Integração da Tecnologia do Plástico, e da EuroMold – Feira Mundial de Construtores de Moldes e Ferramentarias, Design e Desenvolvimento de Produtos, realizadas de 14 a 17 de agosto, em Joinville, SC. A estimativa de negócios deve ultrapassar R$ 260 milhões em contratos assinados durante as feiras ou de contatos iniciados nos eventos e que deverão ser consolidados nos próximos 12 meses, superando a expectativa inicial da organização.

O número de visitantes atingiu a marca de 28 mil pessoas, vindas de 24 estados, de 683 diferentes cidades, abrangendo todas as regiões do país, com destaque para SC, PR e RS, seguido de São Paulo, dos outros estados do Sudeste e do Nordeste.  Além disso, foram registrados visitantes de outros 12 países, da América do Sul, vindos da Argentina, Chile, Equador, Paraguai e Uruguai, e de outros continentes da China Espanha, EUA, Inglaterra, Itália e Tailândia. A qualidade dos visitantes está evidente no perfil identificado no evento. 13% são diretores, 10% sócios ou proprietários e 11% gerentes. A maioria veio em busca de máquinas, produtos acabados, matéria-prima, processos, ferramentas e dispositivos. 25% do público tem participação na decisão final de compras, 21% pesquisam produtos e soluções, e 15% recomendam. O segmento com maior presença foi a indústria de embalagens, engenharia, automotiva e plásticos para construção civil.

Richard Spirandelli, diretor da Messe Brasil avalia que o clima entre os expositores é altamente positivo. “A feira cumpriu o seu papel de relacionamento, negócios e capacitação, consolidando-se como o investimento em marketing B2B mais completo por ser a ferramenta que gera mais credibilidade nas negociações, pois nada substitui o face a face”, argumenta.

Em relação a edição de 2016, os eventos tiveram um crescimento de 8% em área de exposição, 30% em volume de negócios e 25% em número de visitantes. “Voltamos aos resultados registrados em 2014, uma fase anterior a crise do mercado”, relembra Spirandelli. Ele destaca ainda que o evento é o único do Brasil que concentra a cadeia completa do segmento plástico em um único espaço: fornecedores de moldes, matéria-prima, máquinas e equipamentos.

Eduardo Cansi, diretor da Apta, fornecedor de resinas termoplásticas que participa desde a primeira edição da Interplast, destacou o aumento de público e o registro de clientes de todo o Brasil. “Essa foi a melhor edição de toda a história da Interplast. Registramos casos de clientes que nos visitaram em um dia e fecharam o pedido no dia seguinte”, destaca. “A feira teve os três indicativos de qualidade de um evento: oportunidade de conhecer novos clientes, oportunidades de negócios e relacionamento com clientes e fornecedores”, comemora.

 

 

Jean Cardoso, Ceo da Alltech, fornecedora de soluções para ferramentarias, máquinas para segmento plástico e serviços para a indústria, está feliz e surpreso com os resultados da feira. “A receptividade foi excelente, inclusive consolidamos negócios e estamos otimistas com as possibilidades de novas oportunidades. Os sinais de retomada da economia são claros, pois já crescemos 70% nas vendas em relação ao mesmo período de 2016”, destaca.

Para Glauco Machado, gerente de vendas da Romi, a feira teve uma visitação de qualidade 80% superior a edição passada. “Recebemos visitas com interesse em produtos de todos os segmentos que atuamos: máquinas de injeção, máquinas de sopro e ferramentas. Inclusive consolidamos negócios na feira com clientes de SC, PR e SP”, enfatiza.

A Karina, fornecedora de matéria-prima trouxe lançamentos para a feira e observou boa receptividade do mercado. “Recebemos clientes de todos os segmentos que atuamos e realizamos contatos com empresas do Mercosul e dos Estados Unidos. A feira foi uma grata surpresa”, acrescenta.

Eventos simultâneos

Na entrada da feira, um dos pontos que mais chamou a atenção do público foi a Ilha da Reciclagem com demonstração do circuito de consumo e reciclagem – máquinas e equipamentos utilizados – e a importância de reciclar 100% do plástico – em especial o PS e o EPS (isopor®), além de conscientizar o público sobre a PNRS – Política Nacional de Resíduos Sólidos. O Fórum Circular, que apresentou cases e exemplos de empresas que propõe soluções de reciclagem, abrangeu 30 pessoas.

Um dos eventos que mais chamou atenção foi o IIoT Plástico que a ABII – Associação Brasileira de Internet Industrial (abii.com.br), promoveu pela primeira vez no Brasil, em uma feira. No debate as soluções da indústria 4.0 específicas para o segmento plástico, incluindo tecnologias e cases de empresas. O evento, realizado em parceria com a Messe Brasil e com o apoio da ACATE Vertical Manufatura, reuniu 60 pessoas.

O Cintec Plásticos realizado pela Unisociesc reuniu 300 pessoas nas 12 palestras e 40 pessoas nos seis minicursos. Já os 21 workshops realizados pelos expositores reuniram cerca de 600 participantes. O PETtalk foi outro evento de sucesso que contou com a presença de 100 pessoas, em dois dias de palestras.

Rodada de Negócios

A Rodada de Negócios realizada durante as feiras, ampliou a possibilidade de consolidar parcerias e contratos. Foram promovidas 413 reuniões de negócios entre empresários que demandam e ofertam produtos e serviços, com a participação de 78 pessoas de cinco diferentes estados. Na mesa de negociações participaram 18 empresas compradoras e 60 fornecedores. Durante o evento foram consolidados R$ 3,8 milhões em negócios, o que deve ser ampliado para R$ 6 milhões nos próximos seis meses.

André Barbosa, responsável por Compras da Irizar, está satisfeito com os contatos realizados com possíveis fornecedores. “Conheci novas empresas do setor plástico e estamparia com boas possibilidades de negócios”, comenta.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Messe Brasil / Simone Hülse Feuser

 

Veja mais ainda em:

https://www.facebook.com/portal.moldes

 

 

Oferecemos fabricação de moldes e estampo

Serviços

Deixe uma resposta


Top